sábado, 23 de agosto de 2008

Desvida - Desventuras de Quando A Gente Sobrevive


Parte 7 - Sobre as Coisas do Coração

Quando eu fiz 15 anos, minha mãe me deu de presente um livro intitulado "Coisas Do Coração". Eu peguei o livro, olhei para ele, falei: "Legal", e coloquei entre os outros presentes. Eu nunca abria o livro. Quando arrumava o quarto, ele mudava de lugar. Mas nunca era aberto. Nem o resumo eu acho que cheguei a ler.

Antes de realmente pegar o livro pra ler - mais de quatro anos depois - eu li os 7 Harry Potter, alguns livros de vampiros, dois Desventuras em Série, O Código da Vinci, um e meio livro pro vestibular, A Célula, alguns trechos da Bíblia. Antes de realmente pegar o livro pra ler, eu fiz cursinho duas vezes (pré-vestibulinho e pré-vestibular), entrei numa escola técnica, mudei de escola no ensino médio, engordei +/- 15 quilos (!!!!), entrei na universidade. Antes de realmente pegar o livro pra ler, eu viajei com a escola duas vezes - para Ouro Preto e Balneário Camboriú - fui pro Interbio mais Solvatado da história dos Interbios em Ribeirão Preto. Antes de realmente pegar o livro pra ler eu me perdi e me encontrei na vida espiritual com Deus, entrei no Y4G, amadureci, entrei pro time de basquete da bio, me perdi novamente. Antes de realmente pegar o livro pra ler, eu participei de um workshop de teatro e dança que me balançou e me fez firmar, mais que nunca o que eu devia fazer, eu conheci uma menina que me falou que é só não abrir mão das coisas de Deus.

O livro fala sobre uma garota evangélica de 15 anos que está no 1º colegial e tem o sonho de entrar pras líderes de torcida da escola. Existe muita coisa em jogo: festas de formatura, garotos, intrigas, esforço, vida com Deus. O que isso tem a ver ?

Eu tenho certeza que minha mãe ficou chateada por eu não ter lido o livro que ela me deu, por eu ter feito pouco caso. Mas no fundo, no fundo eu sabia que só leria o livro quando realmente fosse a hora. Sabia que Deus estava me preparando para lê-lo. Sabia que não adiantaria ler aquela história num momento que eu não precisava daquilo, um momento que aquilo não era o que eu precisava viver.

Diante de tudo que aconteceu no final das férias de julho e inicio de semestre, ler o livro foi realmente interessante. Eu, que estava tão tentando arrumar minha vida nesse segundo semestre (na universidade e espiritual), sabia o que fazer. Eu sempre soube o que fazer. Eu tinha que voltar pra Deus. E é isso que o livro fala, sobre o que acontece quando alguém se perde, sobre o que ela tem que fazer pra voltar.

Ler o livro, só me fez ter certeza que, para acertar, eu devia voltar. Voltar a crer, voltar a buscar, voltar. Viver com Deus, porque o resto se acrescenta. Voltar a entregar minha vida nas mãos dEle, voltar a esperar nEle. Voltar. E sabe do que mais ? Eu me sujeito à isso. Estou disposta. Eu vou voltar e vou acertar. Eu vou vou voltar, vou aventurar, vou viver.

3 comentários:

Eliana disse...

Fico feliz! Minha oração é pedindo que voce tenha experiencias com Deus. Que voce reconheça que tudo vem das mãos dEle. O que adianta ganhar o mundo e perder a alma? Buscando a presença de Deus você terá vida espiritual abundante e o sucesso que espera alcançar. Que Deus te abençõe e...saiba que muitas coisas dificeis ainda apareceram á sua volta e voce achara que pos tudo a perder, e vai se sentir desanimada e tentada a não prosseguir. Nestes momentos quero que lembre: Quando nos sentimos fracos ai é que somos forte - Deus nos fortalece.

Danilo Poso Volet disse...

[...]Somos a resposta exata do que a gente perguntou
Entregues num abraço que sufoca o próprio amor
Cada um de nós é o resultado da união
De duas mãos coladas numa mesma oração!

Coisas do coração!
Coisas do coração!

(Coisas do Coração - Raul Seixas)

=D

JuLiaNa disse...

lembre: Quando nos sentimos fracos aí é que somos forte